Aula 2 – Estrutura do Anúncio

Título

É o primeiro contato do consumidor com seu anúncio, Geralmente por isso, é destacado, forte, com letras maiores. Temos alguns tipos principais de títulos:

1 – Interrogativos: Com uma frase interrogativa – Deixa aberta uma resposta, que por um lado pode enfraquecer sua mensagem, já que seu consumidor irá completá-lo. Então, a forma geralmente mais usada para responder esses anúncios é perceber se eles poderiam receber um “não”logo de cara como resposta.

Exemplo – Cerveja Guinnes: “What’s on your mind?” com imagens do corpo feminino, ou seja ja respondendo subjetivamente a mensagem. Com as cores da cerveja e da espuma, uma relação entre a sensualidade, o desejo à mulher e a cerveja.

 

2 – Inversão: É muito normal os anúncios conterem o nome do produto ou da marca logo no inicio, como títulos, grandes e destacados. Devemos observar que o uso dessa técnica resume o anúncio, ou seja, completa a idéia do anúncio já no início do contato com o consumidor, sendo utilizado somente para anúncios de impacto rápido, packshots com o produto. Nos outros casos, deve-se manter a estrutura normal.

3 – Sussuro: Por toda história da propaganda, gritou-se muito com o consumidor. De forma forte, grave e no imperativo. Uma tendência utilizada ultimamente é a do sussuro. Títulos suaves, com uma diagramação leve, que induzam o leitor a compreensão total do anúncio. Os anúncios gritados, em sua maioria costumam ser hard-sell, enquanto os sussurrados, soft sell. Ex.: Anúncios de Margarina. Emulação de uma situação perfeita.

GRITADO!

 

sussurrado…

 

4- Ruidos literários:

Pontos de exclamação.

Mais que um ponto de exclamação

Reticências

Etc.

Texto

Análise do Tratamento da lingual verbal – texto em:   http://www.4shared.com/file/33GOymb-/texto1.html

1-      Discurso deliberativo – Agir em sintonia com o futuro. Os textos sempre visam o leitor a uma ação futura. O primeiro texto, que ele viva segundo os preceitos do dalai e dissemine a mensagem; O segundo, que simpatize primeiramente com o automóvel e o compre.

Exórdio – No dalai – título desejando boa sorte de cara.

Narração – no dalai – nas instruções – “Dê mais às pessoas…

Provas – no dalai – dizer que sua vida irá melhorar…

Peroração – no dalai – quando começa a mostrar que a vida pode mudar drasticamente se você enviar. E recapitula – esse totem foi enviado para que te de boa sorte…

BORA

Exórdio – Título – Se você acha difícil … controle remoto

Narração – desde o subtítulo até o “ofereça-se a carregar as bagagens” – aprofundando o tema do anuncio, proposto no título – um homem com borá é moderno e causa boa impressão às mulheres.

Provas – quando ele fala das características e dos benefícios do carro – suspensão, porta-malas, banco, etc…

Peroração – quando fala do mercado norte americano, já agradou até por lá, onde é o mais vendido.

2 – Unidade textual – Você não deve desviar a atenção do leitor.

Mesmo com muitas informações, deve-se escolher um tema e abordá-lo utilizando essas informações.

No texto da corrente, que possui muitas informações, todas convergem para um só fim – instruções para sua vida.

No texto do bora, igualmente o assunto é um só, causar uma boa impressão a uma mulher com o carro, mostrando todos os argumentos que possam confirmar isso.

Coesão

3 – Circularidade

Na peroração deve-se retornar ao início do texto, as primeiras propostas, para confirmer o texto com o seu tema e evitar que o leitor tire suas próprias conclusões do assunto.

4 – Função conativa da linguagem

Imperativo e direcionada à segunda pessoa – No totem e no borá, sempre o uso do você e indicando a proposta imperativa para incitar a atitude.

5 – Figuras de linguagem

Para aumentar a expressividade da mensagem. Usa-se de:

Metáforas – exemplos comparativos – Bora – tecnologia cercada de design por todos…

Eufemismos – amenizando os fatos

Hipérboles – Aumentando os fatos

Antonímia – Colocar juntos exemplos antônimos de ações – totem tantra:

Prosopopéia – Personificação, humanização de um objeto – Bora- carro encantador.

6 – Apelo à autoridade

Garantir credibilidade e reforçar a intenção do texto.

Totem tantra – Assinatura do Dalai Lama

Bora – O Slogan – Volkswagen, você conhece, você confia.

ENCERRAMENTO

O Slogan – O minimalismo no texto.

Deve ser primeiramente uma frase comum, geralmente imperativo. Portanto, não devemos utilizar a complexidade no slogan.  Forma de reconhecimento e distinção de marca, diferenciação das suas concorrentes. Menor unidade de posicionamento de marca. Deve transformar a empresa em algo único, incomparável e inconfundível.

Tag line –

É a chamada assinatura de campanha. Fecha o anuncio, peça, e está sempre presente em todos os anúncios da campanha. Quando as assinaturas caem nas graças da população, tem a grande chance de virar bordões.

O Bordão

Para uma campanha específica, pode-se criar um bordão, que tem como função cair nas graças da população, ser repetido.

Podemos definir bordão como uma frase verbal que encerra o conceito de uma campanha publicitária. O Bordão deve ser engraçado, fácil de ser pronunciado e reproduzido.

Se é Bayer é bom.

Brasil, ame-o ou deixe-o.

Continental. Preferência nacional.

Se a marca é Cica, bons produtos indica.

Tomou Doril, a dor sumiu.

Pense forte, pense Ford.

Tudo anda bem com Bardall.

Nescau. Energia que dá gosto.

Abuse, use C&A.

Deu duro, tome um Dreher.

 

Exercício – http://www.4shared.com/file/-52F0bpv/Exerccio-2.html

 



Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s